5 dicas práticas para fazer benchmarking online para sua IES

Guilherme Faria

O benchmarking online é uma análise profunda de boas práticas de seus concorrentes que podem ser melhoradas e aplicadas para a sua marca. Essa comparação é valiosa, pois auxilia para que você tenha uma melhor visão do mercado e o deixa preparado para os seus planos de ação.

É importante ressaltar que o benchmarking online não é copiar as ações de outra marca, e não é apenas uma pesquisa de mercado.

Trata-se de uma prática que se preocupa com a avaliação, a comparação e a criação de novas possibilidades a partir de experiências concretas.

Isso não quer dizer que são melhores ou piores do que as suas ações, apenas que devem ser analisadas!

Para ajudar você a fazer o benchmarking online da sua IES, elaboramos uma lista com 5 dicas práticas. Confira!

1. Estude a situação do seu negócio

O primeiro passo é olhar para dentro da sua instituição.

Não olhe apenas para o que está dando certo ou errado, mas todo o processo. Desde as suas ações de divulgação, até o pós-venda, os recursos tecnológicos, a gestão de pessoas e a linguagem empregada. Todos esses setores em relação com as suas práticas digitais.

Acredite, tudo está interligado!

Uma dica é montar uma lista de tudo o que deve ser realizado dentro de cada departamento e avaliar cada parte do processo.

É importante que sua equipe tenha um profissional responsável pelo benchmarking online, com perfil organizado e analítico.

2. Escolha os concorrentes corretos a serem analisados

Depois de uma análise interna, você conseguirá uma direção a tomar na busca por concorrentes.

Por exemplo, se você detectou que o seu departamento de redes sociais não está atingindo as suas expectativas, os concorrentes a analisar são os que apresentam cases de sucesso nessa área.

Não é necessário escolher concorrentes que sejam do mercado educacional, mas é interessante que ele atenda ao mesmo público-alvo.

3. Escolha quais KPIs serão comparados

Assim como você criou uma lista com o que deveria ser analisado em sua instituição de ensiso, você deve fazer o mesmo ao analisar os seus concorrentes.

Veja quais KPIs são mais importantes para que você consiga as informações que necessita para traçar as suas próximas ações de marketing.

Seguindo o exemplo dado das redes sociais, seus KPIs poderiam ser de maior alcance de público, de engajamento com a marca ou de agilidade nas respostas aos usuários.

4. Como conseguir dados para o benchmarking online

Existem muitas ferramentas digitais que podem te ajudar nesse processo. Aliás, nós indicamos que as utilize, pois elas agilizam muito o trabalho e podem entregar informações que não são possíveis mensurar manualmente.

Conheça algumas:

SimilarWeb

Essa ferramenta oferece uma versão gratuita, em que você pode conseguir informações básicas sobre sites de concorrentes. É ótimo para você testar e se familiarizar, e não descarte a versão PRO, que é muito mais completa.

Algumas das métricas oferecidas são: informações de tráfego do site; rankeamento global; origem dos acessos; palavras-chave usadas nos mecanismos de busca; entre outras.

SEMrush

SEMrush também é uma ferramenta para análise de sites, muito utilizada para SEO. Ele oferece análise de palavras-chave, do seu site e de concorrentes.

A análise é feita por domínio, então, basta digitar os sites dos seus concorrentes para ter informações essenciais para o seu benchmarking online.

Klout

Já que falamos em redes sociais, o Klout não poderia faltar nessa lista. Trata-se de um dos primeiros aplicativos para medir o grau de influência e engajamento dos usuários com as redes sociais da sua marca.

Além de gerar um ranking, ele mede o nível de engajamento com o conteúdo e a relevância para os usuários.

5. Crie um plano de ação após as análises

Depois de tanto trabalho analisando e organizando as informações coletadas, é hora de colocar tudo em um plano de ação. Fique atento aos erros que outras marcas já cometeram e tente evitá-los.

Aprenda com os acertos e estude de que forma eles poderiam ser aproveitados, valorizando as habilidades de seus profissionais. Envolva toda a equipe nesse processo, pois podem surgir ideias surpreendentes!

Gostou das nossas dicas sobre benchmarking online?

Então, siga-nos nas redes sociais — no Facebook e no LinkedIn — e fique por dentro de nossos conteúdos!

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar