RECEBA OS TEXTOS MAIS INTRIGANTES E REVOLUCIONÁRIOS SOBRE INBOUND MARKETING


  • Postado por Equipe 5seleto 31 jul

5 erros de SEO on page que podem destruir a estratégia da sua IES

Ser encontrado pelo público-alvo não é uma tarefa simples. Para que a página da sua IES esteja no topo das buscas, é preciso estar atento aos mínimos detalhes e evitar os principais erros de SEO on page.

Com a quantidade de informações disponíveis na web, os futuros acadêmicos estão pesquisando cada vez mais a fundo para escolher a melhor instituição de ensino. Se você não estiver em destaque nos mecanismos de busca, portanto, poderá perder várias oportunidades.

Quer conhecer 5 erros de SEO on page que você deve evitar para o seu site ganhar visibilidade? Confira este guia prático que preparamos para você acertar nas suas estratégias online!

1. Falta das palavras-chave

Primeiramente, buscadores como o Google, Yahoo ou BIng precisam saber quem é você para decidir se o seu conteúdo é relevante ou não para o usuário. Portanto, definir as palavras-chave estrategicamente é uma das prioridades de SEO.

Tudo bem se o seu conteúdo contém informações valiosas, mas você deve saber o termo pelo qual deseja ser encontrado. Se os cursos de sua IES são bem avaliados pelo MEC e você decide que essa informação é importante, então deverá ficar bem posicionado para a palavra-chave “cursos bem avaliados pelo MEC”, por exemplo.

2. Títulos mal elaborados

Os títulos são extremamente relevantes para que o Google saiba o assunto do conteúdo. Se você quer falar sobre as vantagens do ensino superior para o mercado de trabalho, por exemplo, isso deve transparecer no título.

Além de ser um fator importante para o Google, o título é o responsável por chamar a atenção dos visitantes, pois é a primeira coisa que eles notarão. Logo, um título que não informa o assunto tratado não será atraente.

3. Conteúdos sem hyperlinks

Outra boa prática para evitar os erros de SEO on page é utilizar uma estratégia de link building. Quando você insere um link apontando para outra página, ela ganha autoridade. O Google leva isso em consideração ao escolher as páginas mais relevantes.

Ao fazer a linkagem entre as páginas, você ainda possibilita que o usuário fique por mais tempo em seu site. Ou seja, melhora o SEO em dois quesitos: autoridade e tempo de navegação.

4. Site não responsivo

Não precisamos nem dizer que os dispositivos móveis estão em alta, não é mesmo? Especialmente entre os jovens, principal público-alvo das IES. Diante dessa realidade, você estará perdendo pontos se o seu site não for otimizado para esses aparelhos.

Como o Google procura entregar a melhor experiência para os usuários, ter um site responsivo é essencial para ficar bem ranqueado na página de busca.

5. Textos sem intertítulos

Para que o sistema de busca saiba a relevância e a qualidade do conteúdo, ele fará um escaneamento ao longo do texto e verificará diversos elementos. Os intertítulos são ideais para organizar seu conteúdo e proporcionar boa escaneabilidade.

Com os tópicos bem organizados, o potencial aluno que entrar no site ficará mais interessado em continuar a leitura. Imagine, por exemplo, entrar em determinada página e se deparar com enormes blocos de textos. Não é nada animador, concorda?

O SEO on page é fundamental para determinar o seu posicionamento nos motores de busca. O melhor de tudo é que é possível controlá-lo a partir do momento em que você coloca em prática os conhecimentos adquiridos. Claro, há outros fatores externos que podem influenciar nos resultados, mas esse é um assunto para outro post.

E você, quais estratégias tem utilizado na sua IES para evitar esses erros de SEO on page em seu site? Conte pra gente aqui nos comentários e compartilhe suas experiências com nossos leitores!