RECEBA OS TEXTOS MAIS INTRIGANTES E REVOLUCIONÁRIOS SOBRE INBOUND MARKETING


  • Postado por Saulo Medeiros 30 set

Marketing Pessoal: 5 dicas profissionais que você deve seguir

Você já deve ter percebido que com a concorrência cada dia mais forte, não basta apenas que o você tenha diversas qualificações no currículo.

É preciso mostrar o seu diferencial e suas principais qualidades, o que nada mais é do que o seu marketing pessoal.

Alguém já pode ter te falado que o que chamamos de marketing pessoal é um tipo de culto ao próprio ego ou vaidade.

Não!

O marketing pessoal é uma necessidade de qualquer pessoa que quer se destacar no mercado de trabalho.

Eu conheço várias pessoas que são ótimas naquilo que fazem e têm uma imensa chance de crescer, mas isso só não acontece porque elas não sabem aplicar seu marketing pessoal da forma adequada.

Aqui eu quero te passar algumas dicas de como eu uso o marketing pessoal para fazer uma carreira diferenciada.

 

1 – Cuide da sua imagem

marketing pessoal cuide da sua imagem

Cuidar da própria aparência é fundamental – vou repetir: FUN-DA-MEN-TAL – para a sua vida pessoal e profissional.

Isso porque a pessoa vestida corretamente e com uma boa postura consegue “Vender o seu peixe”.

Obviamente que só a aparência não resolve tudo, mas é o primeiro passo para que a pessoa seja notada e bem vista – se quiser algumas dicas, veja aqui.

E isso não tem nada a ver com o seu tipo de corpo!

Não importa se você é muito alto ou muito baixo, magro ou gordo.

O que interessa é a mensagem que a sua aparência transmite às pessoas ao seu redor.

Isso é um fator estratégico para quem está começando e também para quem deseja subir na carreira profissional.

 

2 – Saber expor a sua opinião sem medo e com clareza

marketing pessoal dê sua opinião com clareza

Muitas pessoas ficam com medo de dizer o que pensam e expor as suas ideias, simplesmente por medo do que os outros vão pensar.

O que ninguém te fala é isso faz com que você perca uma ótima oportunidade de fazer um bom marketing pessoal.

Na hora de falar, é importante que a pessoa demonstre segurança e clareza.

Por isso, fale o que pensa de forma direta, mas sem ofender nem desmerecer seus colegas.

Essa atitude demonstra que você estudou a respeito do assunto e quer contribuir com a empresa.

Isso é importante tanto na hora de uma entrevista (afinal, você precisa convencer o empregador) como na hora de se posicionar em uma reunião ou na hora de ir pedir aquele famoso aumento de salário, por exemplo.

 

3 – Assumir responsabilidades

marketing pessoal assumir responsabilidades

Quando a pessoa se dispõe a assumir responsabilidades, ela eleva o valor do seu marketing pessoal automaticamente.

Isso porque essa atitude já passa uma imagem de maior confiança para as pessoas e cria uma atmosfera positiva ao seu redor.

Se você deseja crescer como profissional e trabalhar como gestor de sua área, assumir responsabilidades é algo essencial.

 

4 – Tome a iniciativa!

marketing pessoal tome a iniciativa

Tomar a iniciativa de fazer aquilo que os outros não fazem é um diferencial (e tanto!) para quem deseja crescer na profissão e é uma das melhores formas de aplicar o seu marketing pessoal.

As pessoas que tem mais coragem e se mostram mais dispostas se sobressaem no mercado de trabalho, seja qual for a sua área.

O mundo do trabalho busca pessoas que enfrentem novos desafios sem medo e fazem sempre as coisas bem feitas.

Isso reflete naturalmente uma excelente imagem profissional.

 

5 – Marketing pessoal e educação

marketing pessoal educação

Parece óbvio, mas muitas pessoas, ao desenvolver o seu marketing pessoal, começam a se portar de forma arrogante com os outros.

Mas isso é péssimo para quem deseja crescer!

É importante manter a educação, independentemente de qualquer coisa.

A pessoa que quer elevar o seu valor com o marketing pessoal jamais pode deixar de lado a educação para com as pessoas.

Dê bom dia, cumprimente de forma gentil e cordial os seus colegas, independentemente do seu nível hierárquico dentro da empresa, ok?

 

E para finalizar: saia da sua zona de conforto – seja uma pessoa interessada, mais até do que interessante!

 

Gostou do artigo? Você anda aplicando essas dicas para sua vida profissional?

Se você tiver vontade de desenvolver isso junto comigo, leia esse artigo e saiba como trabalhar na minha equipe.

 

5seleto-guia-do-cliente.png