SEO: o que é SEO, sua importância e como aplicar

Você pode ter o melhor site do mundo, com o melhor conteúdo do mundo, uma audiência fiel e receber visitas vindas das redes sociais e de outros sites. Mas se as ferramentas de busca não conseguem rastrear e indexar o seu site, nada disso vai importar para o SEO. As consequências disso serão graves, você verá no texto…

Bom, se você é novo em SEO, nunca ouviu falar nisso ou se você já conhece mas quer aumentar seus conhecimentos, esse texto foi feito pra você.

Veja esses 10 termos de SEO que você precisa conhecer.

Neste texto você irá entender como as ferramentas de busca enxergam o seu site e o que você deve fazer para que o seu site se torne o mais atraente para elas.

A matemática é simples, se o Google gosta do seu site, você ganha dinheiro. Mais pra frente você vai entender que se as pessoas gostam do seu site, o Google também gosta.

Então, nesse texto vou abordar tudo o que você precisa saber para melhorar os resultados da sua estratégia digital utilizando as melhores técnicas de SEO.

[blockquote background=”#FAFAFA”]Antes de começar, caso você queira ver o nosso próprio case de sucesso, com os números que conseguimos em apenas 6 meses utilizando as mesmas técnicas que você vai ver nesse texto, clique aqui.[/blockquote]

O que é Search Engine Optimization (SEO)

SEO

A tradução literal seria Otimização para Ferramentas de Busca. Isso quer dizer que SEO é um conjunto de técnicas que seu site deve conter para que as ferramentas de busca possam indexá-lo e posicioná-lo numa boa classificação.

Com uma boa classificação você conseguirá obter muito mais visitas para o site vindas de buscas orgânicas (não pagas) para o seu site.

As buscas orgânicas são as buscas que todos nós fazemos todos os dias nas ferramentas de busca (como o Google).

SEO contempla uma série de técnicas, como:

  • Título da página
  • Url
  • Descrição (meta description)
  • Número de palavras chave no texto
  • Palavra chave no h1 e em um ou mais h2
  • Palavras chave relacionadas
  • Links que direcionam para o site (link building)
  • Site responsivo
  • etc…

Na criação de sites, SEO não pode ser ignorado, pois quase todos os aspectos do seu site influenciam no SEO, alguns com um peso maior do que outros, mas todos são relevantes para uma boa classificação do seu site.

Para ter um bom SEO, você não deve se preocupar apenas em aderir a todas as técnicas e deixar o seu site enquadrado nos elementos que melhoram ou pioram o ranking nas ferramentas de busca.

Você deve se preocupar mais em fazer com que os visitantes gostem do seu site, com a experiência do usuário. Visitem várias páginas, fiquem muito tempo nele, voltem com frequência. Pois como eu disse antes, quanto mais as pessoas gostarem do seu site, mais o Google gostará. Vamos ver mais pra frente o motivo.

A importância de estar no topo (SEO)

A forma com que as pessoas interagem com as ferramentas geralmente é a seguinte:

SEO

Esse mapa de calor demonstra quais são as áreas mais quentes do Google, ou seja, as áreas em que os usuários mais visualizam, interagem, clicam, etc.

São nessas áreas que você precisa estar!

O mapa é comprovado por esse estudo da Relevance que mostra os seguintes dados:

  • A primeira posição do Google recebe 18,2% de todo o tráfego.
  • A segunda posição recebe 10,1%.
  • A terceira 7,2%.
  • A quarta 4,8%.
  • Todos os outros resultados menos do que 2%.

Essa é a força do SEO, cada palavra chave que seu site fica bem posicionado pode fazer toda a diferença na sua quantidade de visitas, consequentemente nos resultados do seu site.

Veja o exemplo da busca “como ganhar dinheiro”, o volume de buscas mensal é de cerca de 800 mil visitas. Se o seu conteúdo estiver em primeiro lugar para essa palavra, apenas essa página do seu site estará atraindo cerca de 145 mil visitas por mês.

Mas existem alguns pontos para serem notados.

O primeiro é que palavras chave como essa possuem uma concorrência muito grande. Desse modo é muito difícil conseguir ficar posicionado em primeiro lugar. Normalmente são portais gigantes, como Globo, Exame, Administradores, entre outros, que conseguem estar nos primeiros lugares de buscas tão concorridas.

Isso acontece pela relevância não só da página, mas também do site. Esses sites possuem milhões de visitas, por isso o Google considera seus conteúdos relevantes para os usuários.

O segundo ponto é que não adianta estar bem posicionado para buscas que não tem nada a ver com seu público alvo.

Você prefere ter um milhão de visitas no site ou mil visitas?

Qualquer pessoa responderia um milhão de visitas, não é mesmo?

Mas e se forem um milhão de visitas totalmente desqualificadas, visitas de pessoas que nunca vão se tornar seus clientes? É melhor ter mil visitantes que são seu público alvo, do que um milhão de pessoas qualquer.

Você não deve focar apenas em atrair mais visitas, deve atrair visitas mais qualificadas.

Todo site precisa de SEO

SEO

De onde você acha que vem a maior quantidade de visitas do seu site?

A maior quantidade de visitas que o seu site recebem são vindas das ferramentas de busca. Sejam elas Google, Bing, Yahoo! ou qualquer outra. Apesar das redes sociais e outras fontes também levarem tráfego para o seu site, as ferramentas de busca constumam ser disparado a maior fonte de visitas.

Podemos destacar que o Google possui cerca de 90% do volume de buscas entre as ferramentas de busca. Por isso, é preciso estar de olho sempre que o Google lança uma nova atualização nos seus algoritmos de classificação.

Para te mostrar o tanto que o SEO é importante para o seu site, vamos fazer um pequeno teste. Pense nas 5 buscas que os seus clientes usariam para procurar sua empresa, supondo que eles não conheçam sua empresa e busquem no Google uma forma de satisfazer as necessidades que seus produtos ou serviços satisfazem.

Faça essas buscas no Google e veja os resultados. Por exemplo, se você é do mercado educacional com foco em ensino à distância, pense em buscas como: “Qual a melhor faculdade de ensino à distância do Brasil?” ou “Um diploma de ensino à distância é igual ao presencial?”.

Caso o seu produto seja muito específico é mais provável que seu site esteja aparecendo entre os primeiros, mesmo que o SEO não esteja muito bom. Isso acontece porque a concorrência é menor, não são muitas pessoas que fazem essas buscas e provavelmente não existem muitas páginas para o Google indexar.

Quando a sua empresa oferece uma solução que é buscada por uma quantidade maior de pessoas, fica muito mais complicado de estar bem qualificado, pois a concorrência é muito maior.

Esse teste que fizemos é muito importante, pois é exatamente isso que traz o sucesso ou o fracasso do seu site.

As palavras que os usuários buscam no Google são tão importantes que podem fazer a diferença no sucesso ou fracasso da sua empresa.

Veja aqui como fazer uma auditoria de SEO no seu site.

Por quê as ferramentas de busca não podem achar meu site sem utilizar SEO?

O Google é muito esperto, mas ainda precisa de ajuda!

Uma boa dica para você acompanhar os resultados do seu site é utilizar o Google Analytics. Você pode saber tudo que você precisa sobre o Google Analytics neste texto: Tudo sobre o Google Analytics.

As ferramentas de busca estão sempre melhorando suas tecnologias e trazendo resultados mais qualificados para os usuários. Mas elas ainda precisam de analisar dados para conseguir determinar seus rankings. Por isso, essas técnicas ajudam essas ferramentas a identificarem o que é melhor para o usuário.

Enquanto o SEO pode trazer milhões de visitas todos os meses para o seu site, ele também pode deixar o seu site impossível de ser encontrado! A internet será cada vez mais competitiva, pois as pessoas estão cada dia mais conectadas, por isso as empresas que já investem em SEO estão saindo na frente da concorrência.

Preciso contratar uma agência ou eu mesmo posso fazer SEO?

SEO

Existem milhares de técnicas, todo o universo do SEO é muito grande e complexo, porém qualquer pessoa curiosa consegue entender e colocar em prática ao menos os fundamentos básicos. Mesmo um pequeno conhecimento sobre algumas técnicas podem fazer uma grande diferença.

Existe muito conhecimento sobre SEO na internet, você pode conseguir tudo o que precisa em textos como esse que você está lendo, textos de outros blogs e guias ainda mais completos como esse em português: Checklist SEO Onpage ou esses em inglês: SEOmoz Begginer’s Guide to SEO, Quicksprout – The Advanced Guide To SEO

Além disso, veja esse infográfico com dicas de SEO On-Page.

Colocando em pratica no seu site as dicas que vamos passar nesse texto, você já conseguirá ter uma grande melhora nos resultados de busca do seu site.

Porém, para realizar um trabalho profissional, utilizar as melhores técnicas e ferramentas, você precisa de uma ajuda especializada.

Se sua empresa está começando agora, essa ajuda ainda pode ser mais cara do que você pode pagar. Mas se sua empresa já possui uma quantidade de clientes e deseja aumentar a receita utilizando estratégias do marketing digital, você deve investir numa agência especializada.

Você pode solicitar uma proposta neste link: serviços Inbound Marketing.

Como funcionam as ferramentas de busca

SEO

As ferramentas de buscas rastreiam, analisam e criam um índice com os sites mais bem classificados de acordo com os seus critérios.

Dessa forma as ferramentas proporcionam ao usuário uma busca com resultados mais relevantes para o que ele procura.

Para determinar quais páginas são mais relevantes, as ferramentas de busca utilizam muito mais do que apenas as palavras que foram buscadas. Diversos fatores influenciam para a boa classificação de uma página nas buscas.

seo

Normalmente, elas assumem que quanto mais relevante for o site, a página, documento (isso não quer dizer apenas mais acessos), mais valioso é o seu conteúdo.

Mas como será que elas fazem essa análise se o site é relevante ou não?

Todas as páginas passam por diversos algoritmos, com equações complexas e muitas variáveis, que as indexam e classificam de acordo com a relevância para o usuário.

Mas se os algoritmos e equações são tão complexos assim, como que nós, profissionais de SEO, conseguimos saber quais são os pontos que as ferramentas de busca mais levam em consideração?

Não, não são hackers que quebram a cabeça para descobrir os códigos e vendem essas informações.

As próprias ferramentas divulgam os fatores que mais contam para seus índices, veja por exemplo algumas informações que o Google releva sobre o seu SEO:

Direcionado para o usuário e não para o Google

A primeira recomendação do Google é que o seu site seja totalmente direcionado para o usuário e não para ferramentas de busca.

Isso significa que você não deve tentar enganar o algoritmo do Google utilizando todas as técnicas, mas não proporcionando uma boa experiência para o visitante do seu site.

Como disse acima, faça seus visitantes amarem seu site e o Google te amará!

Hierarquia clara para o visitante

Outra dica do Google para o SEO é desenvolver o seu site com uma hierarquia clara para o visitante. Essa hierarquia é demonstrar para o visitante quais são as partes mais importantes do site. O que ele deve ler primeiro, títulos e headers precisam estar bem definidos.

Inserir links para outras páginas do seu site também é muito importante, uma navegação intuitiva permite que o visitante conheça várias páginas do seu site mais facilmente.

Desenvolva um site útil para o visitante, com excelente conteúdo, para que as pessoas permaneçam o maior tempo no seu site, visitem várias páginas, compartilhem nas redes sociais e voltem ao seu site várias vezes.

Técnicas simples

Além disso, você deve se preocupar com coisas técnicas, mas não tenha medo, são bem simples. Você deve ter suas páginas voltadas para ao menos uma palavra chave, ou seja, o conteúdo da página precisa ter um objetivo e ser relacionado a um tema específico. Além disso, o <title> da página e os atributos ALT para as imagens, a url da página precisam conter a palavra chave.

Conteúdo duplicado

Outro ponto a ficar atento é não ter conteúdo duplicado. Se você possui duas páginas iguais, as duas vão sofrer punições de SEO pelo Google ou mesmo se o seu conteúdo for igual ao de outro site. Portanto, nada de copiar conteúdo de outros sites, não dá pra fazer igual no colégio e copiar o para-casa!

Porém a dica mais importante que eu posso te dar nesse texto eu vou falar agora (momento de tensão).

Site responsivo

O Google, desde abril, começou a dar severas punições para os sites que não são responsivos. O que isso quer dizer? Quer dizer que se o seu site não é otimizado para os dispositivos móveis, o Google não vai classificar bem suas páginas.

Entre nessa ferramenta do próprio Google e veja se seu site é otimizado para dispositivos móveis: https://www.google.com/webmasters/tools/mobile-friendly/

Ou, você pode ir no próprio Webmaster Tools do seu site e verificar a facilidade de uso em dispositivos móveis:

SEO

Esse site do exemplo possui 146 páginas com erros quando acessadas em celulares, tablets etc. Com certeza está sofrendo diversas punições do Google. Agora veja o site abaixo:

SEO

Esse site não sofrerá punições do Google no que se refere à dispositivos móveis.

Portanto, caso seu site não seja responsivo, você deve correr bem rápido para mudar isso. Muitas vezes é até necessário desenvolver um novo site.

Vamos escrever um tutorial de como desenvolver um site responsivo de maneira rápida, portanto se inscreva no blog e fique ligado!

Como as pessoas interagem com as ferramentas de busca

SEO

Bom, falei tanto que você deve desenvolver um site para os visitantes e não para as ferramentas de busca, mas como que esses usuários utilizam as ferramentas? Entendendo como as pessoas utilizam as ferramentas, você terá muito mais condições de desenvolver seu site e seus conteúdos focado nas experiência dos usuários.

A frequência e a forma com que as pessoas utilizam os buscadores mudou com o tempo, porém a essência primária da busca permanece a mesma até hoje.

Os principais motivos das pessoas utilizarem uma ferramenta de busca são porque elas querem uma solução, possuem uma necessidade ou querem informações.

A partir disso, elas pensam em quais termos para inserir no campo de busca para trazer os resultados que querem.

Ao pesquisarem analisam quais sites melhor vão lhe atender. Algumas pessoas costumam abrir várias abas para terem certeza que vão achar o que querem. Se não conseguirem, voltam à ferramenta e alteram os termos da busca para tentar acertar.

Esse é o comportamento comum de praticamente todas as pessoas que utilizam os buscadores.

Os três gatilhos que levam as pessoas a fazer uma busca:

  • Quando precisam de informações, como o nome de um filme ou o que fazer na sexta à noite.
  • Quando precisam navegar até algum site específico, aí pesquisam no Google o nome da empresa, como por exemplo Itaú, Globo Esporte, 5seleto.
  • Quando precisam aprender alguma coisa, como por exemplo: como você chegou à este texto.

O que você deve analisar aqui é se quando as pessoas digitarem na busca um determinado termo e chegarem ao seu site, eles ficarão satisfeitos?

Esse é o primeiro crivo que as ferramentas de busca utilizam todos os dias para analisar a qualidade do site. O objetivo da ferramenta é entregar resultados de busca relevantes para os usuários.

Então, você sempre deve analisar se o seu conteúdo está agradando aos visitantes.

Qualquer empresa pode utilizar técnicas de SEO para atrair mais visitas e visitas mais qualificadas para seu site

SEO

Utilizar de maneira eficaz as técnicas de SEO é apenas uma parte da estratégia de crescimento no número de visitas, leads e clientes através do Inbound Marketing. Existem ainda vários ponto a serem abordados. Por isso desenvolvemos o Projeto Let’s Grow focado em ajudar empresas e profissionais a aumentarem a receita vinda da sua estratégia digital.

Se quiser saber mais sobre este projeto, clique aqui. Já ajudamos diversas empresas de diferentes mercados a utilizarem as melhores técnicas de SEO dentro da metodologia Inbound Marketing.

Você pode utilizar as melhores técnicas e ajudar sua empresa. Conheça o Projeto Let’s Grow.

Adoro resultados financeiros

Start typing and press Enter to search